4 de dezembro de 2016

Ultimas

23 de maio de 2014

Eu não voto domingo e tu?

Acertem onde mais lhe dói. (Abstenham-se de votar ou votem em branco)

Nas próximas eleições europeias usa o teu direito de voto para dar a única mensagem que os partidos vão entender, não votes e ataca o bolso deles.

Desde 1974 que tem criado um sistema de elite baseado nos nossos impostos, chegando ao cúmulo de sermos nós todos a pagar as campanhas eleitorais dos partidos com os nossos impostos, para eles engordarem à nossa custa. Eles gastam fortunas em campanha, para atingir o objectivo de eleger o máximo de deputados possível e nós é que pagamos esse marketing eleitoral do qual eles é que são beneficiários.

Se ninguém votar nesses partidos, eles não recebem a subvenção da Assembleia da Republica, uma média de 3€ por voto no partido, dinheiro pago por todos nós com os impostos.


(Há mas eu não pago impostos! ERRADO, todos pagamos, quando compras um pão pagas IVA, isso é pagar impostos também, não sejas parva(o)!)

Se fores votar, vota em branco, atinge o bolso daqueles que:
Congelaram carreiras (PS)
Aprovaram o código do trabalho (PS)
Baixaram salários (PSD/PP)
Cortam nas reformas (PSD/PP)
Conduziram o país a um pedido de joelhos e a uma austeridade sem fim, para salvar a banca alemã (PS/PSD/PP)

O teu voto é a tua melhor arma, mostra-te inteligente e não dês mais um prémio de 12000€ por mês a quem te tira o pouco que tens para sustentar uma família.

Abstenção ou voto em branco a tua forma de dizer...BASTA!




24 de junho de 2012

Que circulem estas fotos...Produtividade?


Recebido e reencaminhado a partir do email.


Estas Sras. e Srs. têm alguma quota-parte de responsabilidade no roubo que nos fizeram de dois meses de ordenado,
para além do corte de quase 8% no vencimento mensal e do aumento das taxas de IRS, sobretaxa de IRS, etc., o que significa
termos um vencimento equivalente ao do ano 2007, portanto, deixá-los dormir, pois é o estado em que menos mal nos fazem.

Lá como cá... e depois indignam-se que os jornalistas publiquem o que estão a navegar, nos computadores do hemiciclo !!!
Por cá não ganham tanto qto lá fora, mas quem lhes paga (o "pouco" que recebem mesmo em mordomias, somos todos nás com impostos com que eles nos espoliam.
Cambada.


O QUE EU DESTACO DAS FOTOGRAFIAS, É O SEMBLANTE DE RESPONSABILIDADE DE CADA DEPUTADO EUROPEU QUE PROCURA, NAQUELE PARLAMENTO, PÔR EM PRÁTICA TODOS OS SONHOS DAS SUAS CANDIDATURAS.

 
POR ISSO É IMPORTANTE VOTARMOS, A VER SE, COM A NOSSA QUOTA-PARTE, AJUDAMOS AQUELE ESCOL DA POLÍTICA EUROPEIA, A TRANSFORMAR A EUROPA NUM LUGAR APRAZÍVEL, ONDE TODOS POSSAM DORMIR DESCANSADAMENTE.

 
Verdadeiramente vergonhoso...



Parlamento europeu em sessão. Que circulem estas fotos... uma e outra vez... e outra....



PRODUTIVIDADE no PARLAMENTO EUROPEU...
RECEBEM 12.000 EUROS AO MÊS!

European MPs at work in Brussels

Muitos deputados a dormir!...



12.000 AO MÊS

12.000 AO MÊS

12.000 AO MÊS

12.000 AO MES

12.000 AO MES

12.000 AO MÊS

12.000 AO MÊS

12.000 AO MÊS

12.000 AO MES

12.000 AO MÊS


E NÓS TRABALHANDO
!...

Divulguem, Partilhem, Denunciem e votem noutros...

4 de junho de 2012

Fazemos Sites na Internet - 6 euros / mes - N/Ref: 190847

EasyNet4You - Construção e Manutenção de Sites na Internet
Website: www.easynet4you.com
E-Mail: easynet4you@gmail.com
Rua Filipe Folque, Nº 10 G – Apartado 12058
1061- 001 Lisboa

Assunto: Construção e Manutenção de Sites na Internet ( 6 euros / mês ).

Podem ter o Site da vossa Empresa na Internet em 5 dias uteis por 6 euros / mês (este valor inclui a Construção do Site, Alojamento, Dominio, E-Mails, e Manutenção), se no entanto não tiverem neste momento verba disponivel e se mesmo assim gostassem de ter um Site, nós também disponibilizamos uma opção de Sites Gratuitos, em que podem ter um Site mais elementar mas igualmente eficaz, com Design Atrativo, completamente gratuito, totalmente configurável com vários Designs e possibilidade de alterar conteúdos, de imediato e em menos de 15 minutos, basta fazerem o registo no nosso Site !

É fundamental para qualquer Actividade assegurar a sua presença com um Site na Internet, pois porporciona:

- Melhoria da Imagem Corporativa
- Melhoria do Serviço a Clientes
- Melhoria da Comunicação
- Expansão
- Novas oportunidades de negócio
- Transacções On-Line
- Redução de Custos
- Informação sempre disponivel, 24 horas / 7 dias da semana

Estas são apenas algumas das vantagens de estar na Internet. São muitos os benefícios que podem ser obtidos utilizando a tecnologia certa e a grande rede da Internet. Temos experiência em criar Sites para várias áreas de negócio, e em trabalhos, desde Lojas Virtuais e Sites altamente dinâmicos, até trabalhos de simples páginas, estáticas, de presença na Internet.

Apostamos fortemente em soluções de qualidade feitas à medida, personalizáveis ao gosto do cliente, baixo custo, tempos mínimos de desenvolvimento, relação fácil e flexivel sem burocracias e on-line, assistência 24/7, e servidores dedicados que garantem alta disponibilidade, e grande velocidade de acesso.

Se estiver interessado em saber mais informações sobre os nossos serviços poderá consultar o nosso Site www.easynet4you.com, ou entrar em contacto connosco para o e-mail easynet4you@gmail.com, que teremos todo o gosto em esclarecer e aprsesentar as nossas melhores soluções para o vosso caso.

Sem outro assunto de momento, e agradeçendo antecipadamente a atenção que V. Exas irão prestar ao assunto, subscrevo-mos-nos.

Com os melhores cumprimentos, e consideração,

EasyNet4You – Construção e Manutenção de Sites na Internet

www.easynet4you.com
easynet4you@gmail.com

Rua Filipe Folque, Nº 10 G – Apartado 12058
1061- 001 Lisboa

Nota: Se não quiser receber mais correspondência nossa, poderá retirar o seu endereço desta lista de distribuição no seguinte endereço http://www.francisco-oliveira.com/retirar.htm

Note: If don't want to receive more e-mails from us, you will be able to remove your address from this distribution list in the following address http://www.francisco-oliveira.com/retirar.htm

21 de dezembro de 2011

Fazemos Sites na Internet - 6 euros / mês - N/Ref: 12211020

EasyNet4You - Construção e Manutenção de Sites na Internet
Website: www.easynet4you.com 
E-Mail: easynet4you@gmail.com
Rua Filipe Folque, Nº 10 G Apartado 12058
1061- 001 Lisboa

Assunto: Construção e Manutenção de Sites na Internet ( 6 euros / mês ).

Podem ter o Site da vossa Empresa na Internet em 5 dias uteis por 6 euros / mês (este valor inclui a Construção do Site, Alojamento, Dominio, E-Mails, e Manutenção), se no entanto não tiverem neste momento verba disponivel e se mesmo assim gostassem de ter um Site, nós também disponibilizamos uma opção de Sites Gratuitos, em que podem ter um Site mais elementar mas igualmente eficaz, com Design Atrativo, completamente gratuito, totalmente configurável com vários Designs e possibilidade de alterar conteúdos, de imediato e em menos de 15 minutos, basta fazerem o registo no nosso Site !

É fundamental para qualquer Actividade assegurar a sua presença com um Site na Internet, pois porporciona:

- Melhoria da Imagem Corporativa
- Melhoria do Serviço a Clientes
- Melhoria da Comunicação
- Expansão
- Novas oportunidades de negócio
- Transacções On-Line
- Redução de Custos
- Informação sempre disponivel, 24 horas / 7 dias da semana

Estas são apenas algumas das vantagens de estar na Internet. São muitos os benefícios que podem ser obtidos utilizando a tecnologia certa e a grande rede da Internet. Temos experiência em criar Sites para várias áreas de negócio, e em trabalhos, desde Lojas Virtuais e Sites altamente dinâmicos, até trabalhos de simples páginas, estáticas, de presença na Internet.

Apostamos fortemente em soluções de qualidade feitas à medida, personalizáveis ao gosto do cliente, baixo custo, tempos mínimos de desenvolvimento, relação fácil e flexivel sem burocracias e on-line, assistência 24/7, e servidores dedicados que garantem alta disponibilidade, e grande velocidade de acesso.

Se estiver interessado em saber mais informações sobre os nossos serviços poderá consultar o nosso Site www.easynet4you.com, ou entrar em contacto connosco para o e-mail easynet4you@gmail.com, que teremos todo o gosto em esclarecer e aprsesentar as nossas melhores soluções para o vosso caso.

Sem outro assunto de momento, e agradeçendo antecipadamente a atenção que V. Exas irão prestar ao assunto, subscrevo-mos-nos.

Com os melhores cumprimentos, e consideração,
EasyNet4You Construção e Manutenção de Sites na Internet
www.easynet4you.com
easynet4you@gmail.com


Nota: Se não quiser receber mais correspondência nossa, poderá retirar o seu endereço desta lista de distribuição no seguinte endereço http://www.francisco-oliveira.com/retirar.htm

Note: If don't want to receive more e-mails from us, you will be able to remove your address from this distribution list in the following address http://www.francisco-oliveira.com/retirar.htm

26 de outubro de 2011

O SUBSÍDIO DE NATAL OU 13º MÊS NUNCA Existiu...

Recebido por email...


Os trabalhadores ingleses recebem os ordenados semanalmente! 
Mas há sempre uma razão para as coisas e os trabalhadores ingleses, membros de uma sociedade MAIS crítica do que a nossa, não fazem nada por acaso!

Lembrando que o 13º MÊS em Portugal foi criado em 1972 no governo de MARCELO CAETANO e que nenhum governo depois mexeu nisso, "fala-se agora que o governo pode vir a não pagar aos funcionários públicos o 13º mês ou subsídio de N
atal

 
Se o fizerem, é uma roubalheira sobre outra roubalheira.
O 13º mês é uma das mais escandalosas de todas as mentiras dos donos do poder, quer se intitulem "capitalistas" ou "socialistas", e é justamente aquela que os trabalhadores mais acreditam.

Eis aqui uma modesta demonstração aritmética de como foi fácil enganar os trabalhadores.

Suponhamos que você ganha €700,00 por mês. Multiplicando-se esse salário por 12 meses, você recebe um total de €8.400,00 por um ano de doze meses.
€700,00 X 12 = € 8.400,00

Em Dezembro, o generoso governo manda então pagar-lhe o conhecido 13º Mês

€ 8.400,00 (Salário anual)
+ €700,00 (13º salário) =
--------------------------------------------------------
€ 9.100,00 (Salário anual + o 13ºMês)



O trabalhador vai para casa todo feliz com o "governo amigo dos trabalhadores" que mandou o patrão pagar o 13º.

Agora veja bem o que acontece quando o trabalhador se predispõe a fazer uma simples conta que aprendeu no Ensino Básico:

Se o trabalhador recebe €700,00 mês e o mês tem quatro semanas, significa que ganha por semana € 175,00.

€700,00 (salário mensal) e 4 (semanas que tem o mês) = € 175,00 (de salário semanal)

O ano tem 52 semanas. Se multiplicarmos

€ 175,00 (Salário semanal) X 52 (Número de semanas anuais)
-------------------
€ 9.100,00.

O resultado acima é o mesmo valor do Salário anual + o 13º salário .

Surpresa, surpresa? Onde está, portanto, o 13º Salário?

A explicação é simples, embora os nossos conhecidos líderes nunca se tenham dado conta desse fato simples:

A resposta é que o governo, que faz as leis, lhe rouba uma parte do salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30 dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (ainda assim, apesar de cinco semanas o governo só manda o patrão pagar quatro semanas) o salário é o mesmo tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro ou cinco semanas.


No final do ano o generoso governo presenteia o trabalhador com um 13º salário, cujo dinheiro saiu do próprio trabalhador.
Se o governo retirar o 13º salário ou subsídio de Natal dos trabalhadores da função pública, o roubo é duplo.


Como palavra final para os trabalhadores inteligentes:

Não existe nenhum 13º salário. O governo apenas devolve e manda o patrão devolver o que sorrateiramente foi tirado do salário anual.
Conclusão:
Os Trabalhadores recebem o que já  trabalharam e não um adicional...


13º NÃO É PRÊMIO, NEM GENTILEZA, NEM CONCESSÃO. É SIMPLES PAGAMENTO PELO TEMPO TRABALHADO NO ANO!



TRABALHE PELA CIDADANIA!


Faça isto circular !!!

14 de outubro de 2011

Dos lados da Venezuela...


Impressionante, muito profunda a despedida precoce de Nancy Iriarte Díaz (sua ex-esposa) a Hugo Chávez; que foi publicada em 9 de agosto de 2011 num dos jornais venezuelanos de maior circulação: o “El Universal”.

  
      Hugo, algumas considerações sobre a tua morte que se aproxima:
          Não quero que partas desta vida sem antes nos despedirmos, porque tens feito um mal imenso a muita gente, tens arruinado famílias inteiras, tens obrigado legiões de compatriotas a emigrar para outras terras, tens enlutado um número incontável de lares, aos que achavas que eram teus inimigos os perseguistes sem quartel, os aprisionastes em cubículos indignos até para animais, os insultastes, os humilhastes, os enganastes, não só porque te achavas poderoso, mas também imortal... Porque o fim dos tempos não te alcançaria.
Mas a tua hora chegou, os prazos se esgotaram, o teu contrato chega ao seu fim, teu "ciclo vital" se apaga pouco a pouco e não da melhor maneira; provavelmente morrerás numa cama, rodeado de tua família, assustada, porque vais ter que prestar contas uma vez que das teu último alento, te vás desta vida cheio de angustia e de medo, lá vão estar os padres a quem perseguistes e insultastes, os representantes dessa Igreja que ultrajastes por prazer, claro que te vão dar a extrema unção e os santos óleos, não uma, mas muitas vezes, mas tu e eles sabem que não servirão para nada, mas só para acalmar o pânico a que está presa a tu alma ante o momento que tudo define.
Morres enfermo, padecendo do despejo, das complicações imunológicas, dos terríveis efeitos secundários das curas que prometeram alongar a tua vida, teus órgãos vão se deteriorando, uma a um, tuas faculdades mentais vão perdendo o brilho que as caracterizava, teus líquidos e fluidos são coletados em bolsas plásticas com esse fedor de morte que tanto te repugna.
Diga-me, neste momento, antes que te apliquem uma nova injeção para acalmar as dores insuportáveis de que padeces, vale a pena que me digas que não te possam tirar a dança – ah! – as viagens pelo mundo, os maravilhosos palácios que te receberam, as paradas militares em tua honra, as limusines, os títulos honoríficos, os pisos dos hotéis cinco estrelas, as faustosas cenas de estado... Diga-me agora que vomitas o mingau de abóbora que as enfermeiras te dão na boca, se era sobre isso que se tratava a vida, pois os brilhos e as lantejoulas já não aprecem nos monitores e máquinas de ressuscitação que te rodeiam, as marchas e os aplausos agora são meros bipes e alarmes dos sensores que regulam teus sinais vitais que se tornam mais débeis.
Podes escutar o povo do teu país lá fora do teu quarto?... Deve ser tua imaginação ou os efeitos da morfina, não estás na tua pátria, estás em outro lado, muito distante, entre gente que não conheces... Sim, estás morrendo em teu próprio exílio, entre um bando de moleques a quem confiou entregar teu próprio país, teus últimos momentos serão passados entre cafetões e vigaristas, entre a tua coorte de aduladores que só te mostram afeto porque lhes davas dinheiro e poder; todos te olham preocupados e com raiva, nunca deixastes que nenhum deles pudesse ter a oportunidade de te suceder; agora os deixas ao desabrigo e teu país à beira de uma guerra civil... Era isso o que querias? Foi essa a tua missão nesta vida? Esquece-te da quantidade de pobres, agora há mais pobres do que quando chegastes ao poder; esquece-te da justiça e da igualdade quando praticamente lhe entregastes o país a uma força estrangeira que agora teremos de desalojar à força e ao custo de mais vidas.
Tenho a leve impressão que agora sabes que te equivocastes; acreditastes num conto de passagem e te julgastes revolucionário, e por ser revolucionário... imortal; convocastes para o teu lado os mortos, teus heróis, esses fantasmas que também julgavas ter vida, Bolívar, Che Guevara, Fidel, e Marx que nunca conhecestes e que recomendavas a sua leitura... Andar com mortos te levou à magia e aos babalaôs, te metestes a violar sepulturas, e a fazer oferendas a uma coorte de demônios e espíritos maus que agora te acompanham... Sentes a presença deles no quarto? Estão vindo te cobrar, recolher a única coisa que deverias valorizar em tua vida e que tão sinistramente atirastes na obscuridade e no mal, a tua alma.
Bem, me despeço; só queria que soubesses que passarás para a história do teu país como um traidor e um covarde, por não teres retificado tua conduta quando pudestes e te deixastes levar por tua soberba, por teus ideais equivocados, por tua ideologia sinistra renunciando aos valores mais apreciados, a tua liberdade e à liberdade dos outros, e a liberdade nos torna mais humanos.
"O socialismo só funciona em dois lugares: no céu, onde não precisam dele, e no inferno onde é a regra dos que sofrem".
Nancy Iriarte Díaz

Destaques Diário Económico

Partilhe no twitter

Meus Blogues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google reader de Arnaldo

Seguidores